Intervenção Precoce na Infância

Relativamente à Intervenção Precoce na Infância, este ano lectivo verificou-se a implementação das alterações decorrentes – Decreto de Lei 281/2009 de 6 de Outubro e Despacho n.º 2735/2011, nos quais basicamente é criado o Sistema Nacional de Intervenção Precoce na Infância (SNIPI).

A ASSOL celebrou um acordo de cooperação, com efeitos a partir de Outubro de 2010, para a resposta social de Intervenção Precoce na Infância, sendo o apoio, este ano lectivo, a 40 crianças, entre a Equipa Local de Intervenção (ELI) de Tondela e a ELI de Vouzela. Esta última ELI, de acordo com as alterações recentes, inclui os concelhos de Oliveira de Frades, Vouzela e S. Pedro do Sul. Ao abrigo deste acordo com a Segurança Social, a ASSOL disponibilizou para pertencer às duas ELI’s uma psicóloga, uma técnica de serviço social e uma terapeuta da fala, todas elas a tempo parcial.

A Técnica de Serviço Social articula com os serviços necessários para a resolução das questões que o apoio a cada família vai exigindo, sendo que os 171 contactos distribuem-se do seguinte modo: contactos com hospital de Viseu – 20, JI – 12, centro de saúde – 14, CPCJ – 10, requisição de transportes à CM Oliveira de Frades – 5, equipa de RSI – 12, IEFP – 4, Serviço Local de Segurança Social – 10, encaminhamento para formação profissional – 3, acompanhamentos a consultas de especialidade (hospital de Viseu e Coimbra) – 22, contactos com IPSS – 13 e reuniões/contactos com famílias – 46. Nestes números incluem-se contactos pessoais e telefónicos.

Das crianças apoiadas, pelas ELI’s a técnica de serviço social é responsável de caso de 5 crianças (4 famílias), sendo estes casos de âmbito eminentemente social.

Intervenção Precoce

A Terapeuta da Fala da ELI de Vouzela, acompanha, desde Janeiro de 2011, cinco crianças, de idades compreendidas entre os 3 e os 5 anos, sendo responsável de caso de uma criança. O apoio foi prestado, no jardim-de-infância, na ama e nas instalações da ASSOL, contando sempre com o envolvimento da família. A Intervenção Precoce na Infância tem como objetivo principal a ação com a criança no seu contexto familiar, a fim de capacitar e co-responsabilizar a família no desenvolvimento da criança.

Magda Rouxinol