Comunicado

LISTA CANDIDATA

Órgãos de Administração e Fiscalização

Nas eleições a realizar no dia 28 de Junho de 2014

 

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL

Presidente – Manuel Rodrigues

Primeiro Secretário – Maria Ester de Almeida Joaquim Fernandes da Silva

Segundo Secretário – Ana Maria Nogueira Lopes Tavares

 

CONSELHO FISCAL

Presidente – João Fraga de Oliveira

Vogais – José Manuel Bastos Simões de Almeida

– António José Santos Figueiredo

 

DIRECÇÃO

Presidente – Carlos Tavares Rodrigues

Vice-Presidente – Gil António Ferreira de Almeida

Secretário – Eugénia Maria da Rocha Liz

Tesoureiro – Susana Isabel Laranjeira Ferraz Rodrigues da Escada

Vogal – Carla Inês Melo Correia

 

 

Plano de Acção – 2014/2017

 

Introdução

Atingido um nível muito satisfatório na vida desta Associação, que se demonstra pelos resultados internos, percepção exterior, Certificações atribuídas, mormente a EQUASS Excelence, há, porém, a consciência de que ainda se não fecharam as propostas e actividades a desenvolver para garantir a sustentabilidade futura da ASSOL.

Numa altura em que, por força dos Estatutos e pela necessidade intrínseca de se renovar a legitimidade dos Órgãos Sociais, que a ela presidem, está aberto um novo processo eleitoral para o triénio 2014/2017, a ele nos apresentamos.

Num espírito de continuidade a que se junta a força criativa da inovação que entendemos ser útil, apresentamo-nos ao sufrágio nestas mesmas eleições.

Agradecendo, penhoradamente, o esforço de todos(as) aqueles(as) que connosco fizeram a caminhada até aqui, e a quem nos  antecedeu, entendemos, porém, avançar para esta nova etapa, por sentirmos que devemos continuar a dar o nosso esforço no sentido de dar corpo a alguns projectos e ideias que estão ainda por concretizar.

 

Projecto de Plano

Aprovado que foi, no decurso destes últimos anos, um Plano de Médio Prazo 2012/2020, seria extravasar as nossas próprias ideias se acrescentássemos algo de substancialmente novo.

No entanto, três razões nos levam  a aceitar este novo desafio, para além dos aspectos gerais atrás enunciados:

– Continuar a ser parte desta extraordinária família e comunidade que é a ASSOL, onde nos sentimos bem e com vontade de continuar a dar-lhe qualquer coisa mais de nós mesmos.

– Garantir a sua total e duradoura sustentabilidade a todos os níveis.

– Sermos dinâmicos a ponto de estarmos sempre actuais e na vanguarda das boas práticas sociais, sobretudo no difícil e exigente campo do apoio aos sectores mais vulneráveis da nossa sociedade: as pessoas com deficiência, a razão de ser e viver desta nossa ASSOL.

 

Conclusão

Face a esta postura, sem nada prometermos, contamos ser dignos do novo mandato que, esperamos, nos venha a ser confiado.

Pretendendo manter uma atitude pró-activa e uma alargada ligação com todos os nossos parceiros, é na envolvência e na participação de todos que alicerçaremos as nossas acções durante estes próximos e difíceis novos três anos.

Podendo contarem connosco, é convosco todos, utentes, familiares, colaboradores, voluntários, amigos e benfeitores da ASSOL que vamos também contar, leal e francamente, para dignificarmos a CASA que tanto estimamos e que tanto de nós continua a exigir.

Acreditando no valor da realização em comunidade e na virtude da qualidade de vida de todas as pessoas, é para a sua autonomia, integração e gosto de viver que queremos trabalhar.

Com ética, entrega e capacidade de tentarmos ser úteis, estas ideias, aqui expressas de uma forma genérica, mas sentida, são o nosso programa e, mais do que isso, o nosso compromisso.

 

Oliveira de Frades, Junho de 2014